Homenagens a João Paulo II

Estátuas

Existem várias estátuas em homenagem a João Paulo II espalhadas pelo mundo.

Uma estátua de João Paulo II foi inaugurada em 23 de fevereiro de 2008 em Santa Clara, Cuba, para recordar os 10 anos da sua visita ao país. A estátua foi levada como um presente à comunidade católica de Cuba pelo secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Tarcisio Bertone.

Em Fátima, que o Papa visitou por três vezes, foi inaugurada uma estátua da autoria de Czeslaw Dzwigaj, de nacionalidade polonesa, por ocasião do 90º aniversário das aparições de Nossa Senhora, celebrado em maio de 2008. As palavras que o Papa proferiu na Capelinha quando da primeira visita a Fátima, em 1982 estão gravadas na estátua de João Paulo II que se encontra na praça exterior, junto à nova Igreja da Santíssima Trindade. A estátua de João Paulo II que retrata o momento de oração na Capelinha, junto à imagem de Nossa Senhora, testemunha as aparições do anjo e também a atualidade do mistério das três pessoas da Santíssima Trindade. É em bronze e mede 3,5 m de altura.

Em 1º de julho de 2009 a Policlínica Gemelli de Roma, onde o Papa foi internado em nove ocasiões (a primeira, em 13 de maio de 1981, após o atentado sofrido na Praça de São Pedro, a última, em março de 2005, ao final de sua enfermidade), e onde passou um total de 153 dias e 152 noites, inaugurou uma estátua em sua homenagem. A estátua foi construída de um bloco procedente das pedreiras de Carrara, pesando todo o conjunto 47 toneladas e alcançando 4,6 metros. A estátua pesa 18 toneladas e mede 3,05 metros, e tem uma base de cerca de 20 toneladas e uma cruz de metal. Está com os olhos fixos na janela do quarto do 10º andar, onde o Papa ficava internado e de onde concedia a bênção aos fiéis. A estátua mostra uma imagem do Papa João Paulo II como recordada pelos médicos e religiosas que o assistiram até a sua morte, ou seja, com o rosto e o corpo marcados pela doença que ele nunca quis esconder. Os trabalhos para a elaboração desta escultura demoraram cerca de 7 meses, sem considerar os numerosos projetos realizados anteriormente.

Praças

Uma praça em homenagem ao Papa João Paulo II, chamada Praça do Papa, foi criada em Campo Grande no local onde, em 1991, foi realizada uma missa durante a sua visita à cidade. Existem, também, outras praças com o mesmo nome em Belo Horizonte e em Vitória, em sua homenagem. Na cidade de Curitiba também existe um parque em sua homenagem, no local onde o Papa passou quando esteve na cidade. Em Porto Alegre, próximo ao Estádio Olímpico Monumental, há uma rotatória (entre as avenidas Érico Veríssimo, José de Alencar, da Azenha e Gastão Mazeron [Cascatinha]), onde está um monumento que lembra sua missa rezada no local. Em Natal, também existe um monumento em homenagem ao Papa João Paulo II, localizado no bairro de Candelária, com o nome de Papódromo.
Em Cabo Verde, também se homenageou o Papa com uma pequena praça na Cidade da Praia, a Cruz do Papa, onde se encontra a estátua daquele que abençoou esse arquipélago. A localização é estratégica, pois a vista está direcionada para o local onde se realizou a missa em 1990.

Outras homenagens

Em São Paulo, o túnel do Vale do Ananhangabaú leva o nome de Papa João Paulo II; na cidade de Mogi Mirim, o estádio de futebol do Mogi Mirim Esporte Clube recebeu o nome de Papa João Paulo II. É também, escolhido pela sua torcida, o padroeiro do Fluminense Football Club, do Rio de Janeiro.


Compartilhe com os seus amigos:




Copyright 2018 © Amigos de São João Paulo II - Todos os direitos reservados