Infância e juventude

Essa gloriosa história de vida teve início em 18 de maio de 1920, em Wadowice, perto de Cracóvia, no sul da Polônia. Nascido Karol Józef Wojtyła, era filho de Karol Wojtyła e Emilia Kaczorowska. Seu pai era militar aposentado do exército austro-húngaro, além de alfaiate, e sua mãe era uma professora de origem lituana. Tinha também um irmão, Edmund, médico, nascido em 1906.

Lolek, como Karol era afetivamente conhecido, foi batizado poucos dias depois de nascer, na Igreja Santa Maria de Wadowice. Com 9 anos, fez a Primeira Comunhão e com essa mesma idade sofreu uma dura perda: sua mãe falece em trabalho de parto de uma menina.

Fez os estudos do que seria o ensino médio em Wadowice mesmo, na escola Marcin Wadowita. Gostava de esportes e normalmente jogava futebol, como goleiro. Sua juventude foi influenciada por numerosos contatos com a próspera comunidade judaica de sua cidade. Os jogos de futebol na escola eram disputados entre times de judeus e católicos e Karol sem problemas se oferecia voluntariamente para jogar do lado judeu caso faltasse algum jogador. Aos 18 anos, foi crismado.

Em 1932, seu irmão falece, de escarlatina. Em 1938, Karol e seu pai se mudam para Cracóvia, onde se matriculou na Universidade Jaguelônica. Ao mesmo tempo em que estudava filologia e várias línguas na universidade, trabalhou como bibliotecário voluntário e foi convocado para treinamento militar compulsório, porém recusou-se a atirar. Com seu interesse por teatro, atuou em vários grupos e também escreveu peças. Nessa época, com seu talento para línguas, aprendeu 12, sendo que 9 delas usaria frequentemente como Papa.


Compartilhe com os seus amigos:




Copyright 2019 © Amigos de São João Paulo II - Todos os direitos reservados